domingo, 25 de novembro de 2007

Decálogo do Domingo Cristão

O recenseamento da prática dominical dos católicos veio demonstrar que no nosso país o sentido cristão do Domingo está em declínio. Na Carta Pastoral Dies Domini (Dia do Senhor) de João Paulo II, são apresentados os 10 mandamentos do cristão em relação à vivência do Domingo:

  1. No Domingo celebra-se a vitória de Cristo, é o Dia da Ressurreição do Senhor. E o dia da “nova criação”, e tempo de prefiguração do “último dia”, quando Cristo vier na Sua glória “fazer um mundo novo”.
  2. Não se converta o Domingo em fim-de-semana, entidade como meio tempo de descanso e diversão.
  3. O Domingo é o dia da fé e da esperança, pela participação na eucaristia, “Ceia do Senhor”, “bodas do Cordeiro”.
  4. A missa dominical actualiza o sacrifício da cruz, embora de modo incruento.
  5. A missa de TV é para os que estão impedidos de participar na Eucaristia, e por isso estão dispensados do preceito; os outros devem participar no local em que se encontrem.
  6. Domingo é o dia da alegria e para a educação na alegria; não é dia penitencial.
  7. O descanso dominical é uma coisa sagrada: dia de paz do homem com Deus, consigo mesmo e com o próximo.
  8. O Domingo é uma Escola de Caridade.
  9. O Domingo revela-nos o sentido do tempo, já que nos orienta para a segunda vinda de Cristo.
  10. O cristão não pode viver sem a missa dominical.

Se, no passado, foram os monges que contribuíram para a santificação do domingo, já caberá, porventura, às famílias cristãs essa missão, vivendo-o antes de mais como o Dia do Senhor e Dia da Família.

In http://www.sdplviseu.web.pt

Sem comentários: