terça-feira, 4 de dezembro de 2007

JORNADAS NACIONAIS DE CATEQUISTAS

«Novos Catecismos - Nova Catequese - Novos Catequistas - "Para que acreditem e tenham vida"» foram os temas que estiveram no centro da reflexão, durante as Jornadas Nacionais de Catequistas, que decorreram em Fátima, nos dias 30 de Novembro, 1 e 2 de Dezembro.
O Bispo auxiliar de Lisboa, D. Anacleto Oliveira, referiu que a revisão do processo de iniciação cristã vai no sentido de “contribuir para a formação de verdadeiros cristãos e fidelizar os catequizandos, depois de um processo de 10 anos de catequese e na sua condição de membros da Igreja”. Quanto aos catecismos, explicou que a maior preocupação na sua revisão foi fazer dos encontros de catequese "verdadeiras vivências de fé". Partindo da experiência humana de vida dos adolescentes, da sociedade, do meio ambiente, das ansiedades e necessidades, “quisemos dar uma resposta a essas questões à luz da fé, para que as experiências sejam alimentadas pela Palavra de Deus, como uma proposta de interiorização e reflexão”. No final pretende-se que “este processo culmine num verdadeiro acto de fé, expresso na oração”, com incidências na vida, “resultando no compromisso de vida”. No final de cada tema, faz-se uma síntese para que “possam memorizar e servir para a o resto da vida”.
Responsáveis do SNEC referiram que a linguagem foi "um dos grandes pólos de atenção na preparação dos catecismos". As experiências estéticas, a variedade da linguagem tem um especial destaque e “ganham eco entre os catequizandos”.
A necessidade de formação é apontada como prioridade pela maioria dos catequistas participantes nas Jornadas.

Sem comentários: